Giba deixa o comando técnico do São Caetano

Desempenho aquém do esperado faz diretoria pensar em novo treinador para evitar o rebaixamento

08 de outubro de 2007 | 20h58

Antes tido como exemplo administrativo, o São Caetano não consegue engrenar na Série B e, nesta segunda-feira, o técnico Giba deixou o comando técnico da equipe.   A decisão veio após a derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta, em casa, deixando a equipe numa situação delicada na competição. Uma reunião foi realizada e a rescisão contratual efetuada.   Giba chegou à São Caetano do Sul para assumir o trabalho deixado por Paulo Comelli, em agosto. De lá pra cá, foram 11 partidas, com três vitórias, cinco empates e três derrotas, fazendo com que o time caísse para a 15.ª posição.   A diretoria do São Caetano ainda não anunciou o novo treinador. Assim, Ivan Baitatelo dirige o time diante do rival Santo André, neste sábado, às 16 horas, em Santo André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.