Giba não é mais técnico do Etti

O técnico Giba não vai mais continuar no Etti Jundiaí na próxima temporada, embora tenha sido campeão paulista da Série A-2 e campeão brasileiro da Série C. Ele não conseguiu chegar num acordo com o gerente de futebol, Wilson Coimbra, e não acredita que as negociações possam ser retomadas.Giba vai aproveitar o final de ano para descansar no litoral paulista, garantindo que só depois vai pensar em outras propostas. A sua intenção era continuar em Jundiaí, onde conhecia a estrutura e já tinha conquistado resultados positivos. "Foram dois títulos importantes, mas infelizmente não chegamos num acordo", comentou o técnico. Sua saída também implica na queda de toda a comissão técnica, com o fisicultor Lino Fachini Junior e o auxiliar Jacenir, ex-lateral-esquerdo do Corinthians.Administrado pelo Grupo Parmalat há três anos, o Etti Jundiaí espera ser um dos clubes mais fortes do país em dois anos e manter o ritmo de conquistas a exemplo de 2000.O nome de Vanderlei Luxemburgo é sempre lembrado em Jundiaí, porque ele já trabalhou com a empresa no Palmeiras. O problema, de momento, é que a Parmalat ainda não definiu os valores que pretende investir em 2002. A idéia inicial é controlar os gastos, com salário de R$ 20 mil e sem excessos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.