Giba pede a contratação de um atacante

A Portuguesa está invicta na Série B do Campeonato Brasileiro, mas o técnico Giba sente falta de um elenco com mais alternativas. E, dentre as necessidades, uma se destaca. "Precisamos urgentemente de um homem de área. Alguém que seja uma referência para o nosso ataque", diz o técnico.Não que ele não esteja contente com o rendimento de Fabrício e Oliveira, os atacantes titulares, mas a verdade é que nenhum dos dois é centroavante típico. "O Oliveira é segundo atacante, quase um meia. O Fabrício joga pelo lado, é quase um ponta. Eles têm se esforçado, mas falta alguém como o Rômulo, do Ituano, que vamos enfrentar na sexta-feira, por exemplo."Outros exemplos citados por Giba: Frontini, do Marília, Washington e Osmar, do Palmeiras. "Veja bem, são apenas exemplos que citei. A Portuguesa não tem condições financeiras para bancar um jogador como esses. Por isso, estou pesquisando por aí para indicar um bom nome."No elenco, há um jogador com as características pedidas por Giba. É Márcio Silva, que a torcida chama de "Pirulito". Para ele, falta condição física. "O Márcio não tem condição de agüentar 90 minutos de jogo. E o Leandro Amaral, além de ter documentação que não se acerta nunca, é um segundo atacante. Vamos resolver isso o mais breve possível."William, do Santos, era um nome sonhado pela Portuguesa, mas não houve negócio. O zagueiro Márcio Santos, do São Bento, deve ser o novo reforço da Portuguesa. Ele foi indicado por Giba e deve chegar após o final da participação da equipe de Sorocaba nos quadrangulares finais da Série A2 do Paulista, que vai até 25 de junho. André Cunha, lateral-direito do Palmeiras, pode acertar nos próximos dias.Para o jogo contra o Ituano, Giba ganhou um problema extra. Ele esperava escalar o lateral-esquerdo Leonardo, um dos destaques do time, mas ele teve de extrair alguns dentes e talvez não possa atuar. O meia Celsinho se apresentou à Seleção Brasileira Sub-17 e está fora do jogo. O volante Rai pode voltar, após ter cumprido suspensão automática.Mas, mesmo com condição de jogo e sendo um dos melhores jogadores da Portuguesa no campeonato, Rai não está garantido. Pode perder o lugar para o lateral Wilton Goiano, um jogador de posicionamento mais adiantado. Nesse caso, Maurício ficaria com a vaga na lateral direita.A diretoria se reuniu nesta quarta-feira com o meia Cléber, fazendo um esforço para que ele ficasse no clube e não aceitasse a oferta do Rizespor, da Turquia, mais vantajosa. A reunião não havia terminado até o fechamento desta edição.Se não conseguir segurar Cléber, a Portuguesa vai tentar contratar o meia Juliano, que fez um bom Campeonato Paulista pelo União São João, de Araras. Com 24 anos, Juliano tem se mostrado um bom articulador de jogadas. Ele teve uma chance no Corinthians, em 2002, mas não foi bem e retornou a Araras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.