Giba recomenda cautela em Jundiaí

O Etti Jundiaí está muito perto de conquistar o tão sonhado acesso para a elite do futebol paulista. Para alcançar este objetivo basta o time precisa conquistar dois pontos nos últimos dois jogos que restam no Campeonato Paulista da Série A-2, sábado, contra Nacional, em São Paulo, e Paraguaçuense, em Jundiaí, na outra semana. O técnico Giba está confiante no acesso do Etti, mas pede cautela aos seus jogadores, que lideram o campeonato de forma isolada, com 62 pontos. "O acesso está próximo, mas precisamos tomar todos os cuidados. Temos o exemplo do passado, quando a equipe perdeu várias decisões", lembra Giba. A torcida está apreensiva, já que no ano passado o Etti perdeu do São Caetano a final da A-2 e não subiu. Na Copa João Havelange, o time foi eliminado em pleno estádio Jaime Cyntra pelo Malutrom-PR, que garantiu presença nos playoffs finais do Módulo Verde. No clube, todos não cansam de comemorar o gol de Marcinho, que deu a vitória sobre o Rio Preto, por 1 a 0, e praticamente garantiu o time na primeira divisão. "Com certeza, este foi o gol mais importante da minha carreira", explica o meia. O clima esquentou na última terça-feira no clube, depois que foi revelado um suposto plano da empresa Parmalat para o Etti no próximo ano. Segundo informações, garantindo o acesso neste ano, a empresa italiana estaria disposta a investir pesado em contratações para a nova temporada. Viriam para o Etti nomes como o do lateral Arce, o dos atacantes Edmundo (Nápoli) e Amoroso (Parma), do meia Alex (Palmeiras) e do goleiro Dida, entre outros deste gabarito. O diretor-geral do clube, Marcos Bagatella, era um dos mais revoltados com esta divulgação. Mas esse era, realmente, o plano da empresa quando firmou uma parceria de 20 anos com a antiga direção do clube, o tradicional Paulista de Jundiaí. Três anos depois, o clube está perto de atingir seu objetivo a custo de muito dinheiro investido. Com o Etti praticamente garantido na primeira divisão, três equipes lutam pela segunda vaga: o Santo André e o Juventus.Ambos com 57 pontos, e o Ituano, com 55 pontos. Destes, o Santo André só depende de suas próprias forças e pode garantir o acesso já neste domingo. Para isso tem que vencer o Paraguaçuense, fora de casa e torcer para o Juventus e Ituano perderem, respectivamente, para Olímpia e São José. O Juventus tem que vencer seus dois próximos jogos e torcer para o Santo André perder um jogo. O Ituano está em situação mais complicada, precisando de duas vitórias e dos tropeços do Santo André e do Juventus.

Agencia Estado,

20 de junho de 2001 | 19h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.