Gil e Fábio Luciano queriam golear

O atacante Gil, do Corinthians, não conseguiu disfarçar: queria humilhar ainda mais o rival no Morumbi. No intervalo, saiu de campo com a certeza de que seu time voltaria para o segundo tempo para massacrar o arquiinimigo. "Podemos fazer muito mais do que fizemos até agora. Se mantivermos o ritmo, podemos marcar mais gols neles", dizia. O zagueiro Fábio Luciano também queria mais gols. "O nosso time está ligado no jogo. Com seriedade podemos aumentar ainda mais o placar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.