Gil espera manter tabu particular

A volta aos gramados após duas semanas de tratamento e o fato de nunca ter perdido para o arqui-rival fazem do atacante Gil o principal personagem do Corinthians na decisiva partida de amanhã diante do Palmeiras. Recuperado de contratura na coxa esquerda, responsável por tê-lo deixado fora do primeiro encontro, o jogador finalmente teve sua escalação confirmada hoje pelo técnico Geninho. E, como não poderia deixar de ser, Gil é só empolgação. Além de estar feliz por voltar a jogar, o otimismo, que sempre foi sua marca em véspera de ?Derby?, se justifica também pelo histórico. E não é para menos. "Nunca perdi para o Palmeiras e nos quatro jogos que disputei, marquei gols em três deles", lembrou. Ao mesmo tempo que se vangloria do retrospecto, o atacante corintiano faz questão de mostrar preocupação com o discurso respeitoso. Não quer mexer com os brios dos adversários. "Esses números só são importantes para o currículo. O resultado só vai ser resolvido dentro do campo", explicou, abusando do chavão. "E não acho que esses desfalques (os zagueiros palmeirenses) vão comprometer. Vai continuar sendo onze contra onze."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.