Gil falta a treino e causa mal-estar no Botafogo

Com o triunfo por 3 a 1 sobre o Vitória, no último sábado, em que o time mostrou disposição para virar a partida depois de sair em desvantagem, o Botafogo parecia ter reconquistado a paz para trabalhar. Mas nesta segunda-feira a falta do atacante Gil ao treino em General Severiano gerou mal-estar. Além do jogador, Diguinho e Carlos Alberto não se apresentaram. Estes, no entanto, foram liberados pela comissão técnica.Como Gil sequer ligou durante o treino para justificar a ausência, especulou-se que atitude seria motivada pela sua insatisfação diante da substituição no último sábado. O atacante começou no banco de reservas, e entrou ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, porém, Ney Franco o sacou do time e o jogador não gostou. O diretor Márcio Touson disse que o jogador se explicou mais tarde. Gil alegou que veio de São Paulo dirigindo e que se atrasou por conta de um acidente na estrada. A desculpa foi aceita o atacante deve treinar normalmente para o próximo confronto do Botafogo no Brasileirão, contra o Santos, no sábado, em casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.