Gil lança Copa da Cultura na Alemanha

O ministro da Cultura do Brasil, Gilberto Gil, aproveitou a fama mundial de Pelé para lançar a Copa da Cultura na Alemanha, iniciativa que proporcionará intercâmbio cultural entre o país-sede do Mundial e o Brasil em 2006. Gil acompanhou Pelé na divulgação do filme Pelé Eterno, em Berlim e Leipzig, e usou a ocasião e a presença da imprensa para apresentar a nova obra de seu ministério, que tem como objetivo principal mostrar a cultura brasileira aos alemães. ?Vamos ter eventos brasileiros de música, de cinema, de arte, de literatura, de dança, entre outros, nas 12 sedes da Copa e em outras cidades?, contou Gil. ?E, no Brasil, haverá apresentações relacionadas à cultura alemã nos Institutos Goethe.? Os shows começarão a partir de janeiro e serão intensificados em maio, mês que antecede o início da Copa. O projeto é financiado pelo Ministério da Cultura e pelo patrocínio privado, de acordo com informações do cantor e compositor brasileiro. ?Torcemos para que, além do intercâmbio cultural, Brasil e Alemanha façam a final da Copa.?

Agencia Estado,

08 de dezembro de 2005 | 19h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.