Gil não joga por decisão da diretoria

O técnico do Corinthians, Márcio Bittencourt, admitiu nesta terça-feira, pela primeira vez, que o atacante Gil não vem jogando por ordem da diretoria. "Ele tem um problema administrativo", disse Márcio. Nesta terça, o empresário de Gil, o ex-goleiro Gilmar Rinaldi, esteve no Parque São Jorge para conversar com o diretor Paulo Angioni e tentar definir a situação do atacante. Rinaldi recebeu algumas sondagens e deixou claro que, assim que receber algo concreto, encaminha ao Corinthians.O empresário quer a liberação de Gil, e deve ter sucesso: se o Timão não negociar o jogador agora, perde a chance de ainda ter algum lucro com ele, já que seu contrato expira em dezembro e, depois disso, ele fica livre para negociar com qualquer outro clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.