WERTHER SANTANA/ESTADÃO
WERTHER SANTANA/ESTADÃO

Gil prefere fazer história no Corinthians a voltar para a Europa

'Eu vou ficar. Meu foco é aqui no Corinthians, trabalho para fazer meu melhor', diz o zagueiro em sua rede social

GONÇALO JÚNIOR, O Estado de S. Paulo

24 de fevereiro de 2015 | 20h56

O interesse do futebol alemão, mais especificamente do Wolfsburg, não tirou a concentração do zagueiro Gil das competições que o Corinthians disputa no primeiro semestre. Confirmado para a partida desta quarta-feira, contra o Linense, depois de ter sido poupado nos jogos anteriores do Campeonato Paulista, o zagueiro afirma que quer permanecer no clube e nega que tenha recebido alguma proposta.

"Eu vou ficar. Meu foco é aqui no Corinthians, trabalho para fazer meu melhor. Estou focado, me sinto bem, me sinto feliz. Se aparecer algo bom para o Corinthians e para mim, vamos sentar e conversar", afirmou o defensor.

Depois de uma passagem pelo Vallenciennes, da França, o titular da defesa corintiana garante que não pretende voltar para a Europa por enquanto. "Isso não é prioridade agora. Para mim (dinheiro) não faz muita questão. Prefiro fazer história no Corinthians e elevar mais a minha carreira, como eles fizeram aqui em 2012. Já passei algumas coisas na Europa. Dinheiro não traz toda felicidade, isso é uma verdade. É melhor ganhar um pouco menos e ser feliz", afirmou o jogador de 27 anos.

Com a saída de Jadson praticamente certa para o futebol chinês, o zagueiro passa a ser o jogador mais cotado para deixar o Corinthians na próxima janela de transferências. Com a crise financeira vivida pelo Corinthians, Gil é visto pela diretoria como um bom negócio. O clube possui 90% dos direitos econômicos e acredita que conseguiria um valor considerável no mercado europeu. O contrato do jogador vai até 2018.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;" CLASS="IMGEMBED
Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.