Gilberto minimiza desfalques e cobra vitórias em casa

Mais uma vez voltando de suspensão na Copa Libertadores, após ser expulso nas duas partidas que atuou pela competição, o meia Gilberto minimizou nesta segunda-feira os desfalques que o Cruzeiro tem para a partida desta quarta, contra o Deportivo Italia, da Venezuela, no Mineirão. O meia Roger não poderá atuar por lesão e o atacante Kleber está suspenso.

AE, Agencia Estado

22 de março de 2010 | 22h59

"São dois grandes jogadores. Mas claro que o Cruzeiro já venceu vários jogos sem eles", argumentou Gilberto. "Sentimos falta do Kleber e do Roger, mas nosso elenco é diferenciado. Temos vários jogadores que podem decidir a partida e é com eles que vamos tentar vencer."

Com o Cruzeiro em situação delicada no Grupo 7, somando quatro pontos em três jogos e empatado na segunda posição com o chileno Colo-Colo, Gilberto acha que o time não pode perder pontos nos dois jogos que ainda faz em casa. Para o meia cruzeirense, a equipe tem que buscar mais até do que os dez pontos que seriam suficientes para garantir a classificação às oitavas de final.

"Não é questão de fazer os dez pontos. Temos dois jogos em casa e temos que ganhar. Depois vamos jogar fora contra o Colo-Colo e tentar vencer também. O Cruzeiro nunca joga para conquistar um ponto aqui e lá, e sim para vencer. É obrigação nossa vencer os jogos em casa", disse Gilberto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.