Marcelo Sadio/ Divulgação
Marcelo Sadio/ Divulgação

Gilberto minimiza jejum de gols no Vasco e nega pressão

'Mais importante é se doar para conseguir a vitória', diz atacante

Estadão Conteúdo

05 Março 2015 | 15h25

Reforço do Vasco para a temporada 2015, o atacante Gilberto contribuiu para as vitórias nos jogos com Fluminense e Bangu, nos seus primeiros compromissos pelo clube, mas ainda não pôde comemorar o seu primeiro gol pelo clube. Ele garante, porém, não se incomodar com o jejum, principalmente enquanto o time estiver vencendo.

"A nossa obrigação é fazer gol. Claro que quero marcar também, mas não importa se o primeiro vai sair nesse jogo ou em outro. Tem a cobrança, mas o mais importante é a gente se doar ao máximo para conseguir a vitória", declarou o atacante.

Com 17 pontos, o Vasco está em segundo lugar no Campeonato Carioca, atrás do Botafogo, que soma 19. Gilberto destacou a importância do time ultrapassar o rival para garantir o título da Taça Guanabara e vantagem nas finais do torneio.

"Pelo pouco que eu sei do regulamento o primeiro colocado ganha a Taça Guanabara e tem a vantagem do empate na final. Esse é o nosso propósito, vamos brigar em todos os jogos para conseguir a liderança", afirmou.

Com 25 anos, Gilberto passou por diversos clubes, como Santa Cruz, Internacional, Portuguesa, Sport e Toronto FC, antes de chegar ao Vasco. Animado, ele acredita que pode viver os melhores momentos da sua carreira no seu novo clube. "Meu objetivo é ser artilheiro e ganhar títulos, e o Vasco vai me proporcionar isso. Acho que tem tudo para dar certo", disse.

Mais conteúdo sobre:
futebol Vasco Gilberto campeonato carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.