Gilberto Silva é jogador do Arsenal

A diretoria do Atlético-MG acertou nesta quinta-feira a venda do volante Gilberto Silva para o Arsenal, da Inglaterra. O jogador, titular da seleção brasileira na conquista do pentacampeonato mundial na Ásia, foi vendido por cerca de US$ 8,75 milhões. Segundo a assessoria de imprensa do Galo, desse montante, o clube terá, livre, US$ 7 milhões, o equivalente a 80% do vinculo contratual do jogador. O restante, que cabe a Gilberto Silva, deverá ser negociado entre o clube inglês e o jogador. Quando foi comprado ao América, em janeiro de 2000, por US$ 1,2 milhão, o jogador recebeu apenas 10% dos 15% a que ele teria direito na negociação. Uma cláusula em seu contrato com o Galo diz que os 5% restantes deveriam incidir sobre uma negociação futura. Com mais os 15% que o atleta tem direito, de acordo com a legislação, Gilberto Silva tem a receber 20% do valor pago pelos seus direitos federativos. Os detalhes da venda foram acertados pelo presidente do Conselho Deliberativo do Atlético, Alexandre Kalil, e pelo procurador do jogador, Ângelo Pimentel, que viajaram na terça-feira para Londres. O jogador viajou nesta tarde para a capital inglesa para assinar o contrato. "O que eu posso deixar é o agradecimento a essa torcida maravilhosa, que sempre me ajudou bastante", disse o volante, na sua despedida. Kalil só deverá retornar a Belo Horizonte na tarde desta sexta-feira ou no sábado, de acordo com a assessoria do Atlético.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.