Gilberto Silva tem recepção de astro no Panathinaikos

Cerca de 1.500 torcedores enfrentam o calor para recepcionar o brasileiro, contratado por 3 milhões de euros

Amanda Romanelli, O Estado de S. Paulo

16 de julho de 2008 | 18h41

De reserva no Arsenal a estrela no Panathinaikos, essa é a nova realidade do volante Gilberto Silva, que chegou a Atenas nesta quarta-feira, em clima de pura catarse, para assinar um contrato de três anos com a equipe mais popular da Grécia. A transferência, cotada como a de mais alto valor no país, deve render ao titular da seleção de Dunga algo em torno de 3 milhões de euros. Cerca de 1.500 torcedores enfrentaram o calor e o inclemente sol ateniense para recepcionar o novo ídolo. Todos foram conduzidos ao terminal de cargas do Aeroporto Internacional Eleftherios Venizelos, para que a movimentação de fãs e jornalistas não atrapalhasse o funcionamento do aeroporto. O aparato de segurança era fortíssimo. Seguranças particulares e pelo menos 50 policiais tentavam conter os torcedores, que não paravam de cantar um minuto sequer. Impossibilitados de colocar barreiras físicas no terminal de cargas, tentaram restringir a movimentação dos fãs com simples fitas plásticas. Obviamente, não conseguiram. Após quase duas horas de espera e uma hora de atraso, Gilberto apareceu no terminal por volta das 18h30 locais (12h30 de Brasília). Dentro de um carro preto, sentado no banco do passageiro, apenas acenou para a multidão que se acotovelava em volta do automóvel. Em estado catártico, os torcedores gregos exibiam camisas e bandeiras da seleção brasileira. E, em atitude pouco prudente, soltavam rojões e sinalizadores no meio da multidão. Depois de seis anos como jogador do Arsenal, e de passar a última temporada inteira na reserva, o volante de 31 anos terá no Panathinaikos a oportunidade de retomar o bom futebol. A expectativa, na Grécia, é de seja o líder da equipe e comande o meio-de-campo, junto com Marcelo Mattos, ex-Corinthians. Gilberto deve conceder uma entrevista coletiva e ser oficialmente apresentado à torcida nos próximos dias.

Tudo o que sabemos sobre:
Gilberto SilvaPanathinaikos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.