Vitor Silva/ssPress
Vitor Silva/ssPress

Gilson destaca força do Santos e pede atenção ao Botafogo no Pacaembu

Lateral quer time ligado para buscar resultado positivo fora de casa

O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2017 | 18h46

O Botafogo realizou nesta terça-feira seu último treino antes de embarcar para São Paulo. Na quarta-feira, os cariocas enfrentam o Santos às 21h, no Pacaembu, em duelo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Ciente da importância do jogo, o lateral-esquerdo Gilson elogiou a equipe adversária.

"Perigosa em qualquer circunstância. Eles não começaram bem o Brasileiro, mas estão no mata-mata da Libertadores e da Copa do Brasil. Temos que entrar ligados, vai ser difícil. Precisamos ter atenção para alcançar um bom resultado", analisou o defensor.

Com a entorse no joelho de Victor Luis, Gilson deve receber uma chance entre os titulares, fato comemorado por ele. "É uma oportunidade que venho esperando no Campeonato Brasileiro. É diferente iniciar uma partida do que entrar no decorrer dela. Sempre que eu entro procuro dar o meu melhor. Espero fazer um bom jogo junto com os meus companheiros."

O treino desta terça-feira foi marcado pela presença do presidente Carlos Eduardo Pereira, que se reuniu com o técnico Jair Ventura. Segundo Gilson, a conversa do mandatário serviu para demonstrar apoio ao time. Em sétimo lugar com sete pontos, uma vitória pode deixar o time carioca em situação ainda mais confortável na tabela.

A atividade do dia contou com as participações de Montillo e Rodrigo Lindoso, recuperados de lesões na coxa. O meia Camilo, por sua vez, segue no departamento médico por conta de um problema no ombro e está fora da partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.