Gilson Kleina destaca superação do Palmeiras em vitória suada no Paulistão

Treinador não contou com Valdivia, Wesley, Wellington e Leandro contra o Ituano

Agência Estado

20 de fevereiro de 2014 | 09h33

SÃO PAULO - Após ver o Palmeiras vencer o Ituano por 1 a 0, graças a um gol marcado por Alan Kardec aos 42 minutos do segundo tempo, na noite desta quarta-feira, no Pacaembu, o técnico Gilson Kleina elogiou o poder de superação exibido pelo time, que atuou sem Valdivia, Wesley e Wellington, poupados, além de Leandro, suspenso.

O time, que agora tem 23 pontos na liderança do Grupo D do Campeonato Paulista, voltou a contar com boa atuação de Fernando Prass, autor de bela defesa no primeiro tempo após chute de Cristian, e ainda teve as estreias de Josimar e Bruno César. Para completar, Marquinhos Gabriel entrou no lugar de Mazinho após o intervalo e Kleina apontou evolução do time na etapa final, na qual Josimar deu lugar a Bruno César.

"Foi um jogo difícil. Tivemos dificuldades, eles (do Ituano) no primeiro tempo tiveram chance de ouro e o Prass fez uma grande defesa... No segundo tempo, com um minuto e meio de jogo criamos duas chances. A equipe enfrentou um pouco de dificuldade nessa transição (entre o meio-campo e o ataque). Sabíamos que tínhamos de sair na frente para ter o resultado. Tentamos trabalhar com uma situação diferente, com a entrada dos armadores, e a equipe melhorou", analisou o comandante.

O treinador também eximiu Alan Kardec de culpa pela sua expulsão ocorrida no final do jogo, após o atacante se enroscar com Jackson Caucaia, assim como lamentou a ausência do jogador no confronto deste domingo, contra o Botafogo, às 18h30, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela décima rodada do Campeonato Paulista. "É uma grande perda para nós, ele está em um grande momento", ressaltou Kleina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.