Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Gilson Kleina diz que o resultado teve gosto de goleada para o Palmeiras

Time alviverde só conseguiu a virada diante do Paraná no segundo tempo

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

11 de agosto de 2013 | 08h00

SÃO PAULO - Para Gilson Kleina, o Palmeiras teve ontem a sua partida mais difícil a Série B. O treinador admitiu que a equipe sofreu muito para conseguir furar a forte defesa do Paraná. "Para nós, foi como uma goleada. Enfrentamos um time que abdicou do ataque para só se defender."

Kleina agradeceu à torcida pelo apoio, mas também pediu paciência. "É preciso entender que não é em todo jogo que vamos conseguir um placar elástico. Já mostramos que podemos sair atrás no placar e reagir, como também sair na frente e manter a vantagem."

Autor do segundo gol, o volante Wesley disse não saber se continua no clube - o Atlético-MG tem interesse em contratá-lo por empréstimo.

"Estou feliz, com a cabeça aqui e espero dar continuidade, mas nunca se sabe o dia de amanhã. Estou indo hoje para casa como jogador do Palmeiras. Mas o futuro a Deus pertence."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPalmeirasGilson Kleina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.