Werther Santana/Estadão - 25/09/2012
Werther Santana/Estadão - 25/09/2012

Gilson Kleina espera Kleber para Palmeiras jogar com centroavante

Técnico torce para jogador estar pronto para estrear domingo, contra o União Barbarense

DANIEL BATISTA, Agência Estado

19 de fevereiro de 2013 | 12h04

SÃO PAULO - O técnico do Palmeiras, Gilson Kleina, espera poder contar com o atacante Kleber, contratado do Porto, para a partida contra o União Barbarense, domingo, no Estádio do Pacaembu, pela nona rodada do Campeonato Paulista. A expectativa é que o jogador, que chegou ao clube com uma lesão na coxa direita, já inicie os treinamentos com bola nesta semana e consiga ficar disponível para a próxima partida.

Sem Kleber, Kleina tem sofrido para escalar o ataque. Tanto que nos últimos dois jogos (contra Sporting Cristal e Corinthians), armou o time no 4-5-1 e tendo apenas Vinícius mais à frente. Porém, o jovem garoto da base do clube atuou jogando mais aberto, pelas pontas. Assim, a equipe ficou sem referência na área. O curioso é que mesmo com toda essa dificuldade, o Palmeiras tem o melhor ataque do Campeonato Paulista, com 17 gols marcados.

"Tivemos que montar a equipe dessa forma nos últimos dois jogos para tentar amenizar a circunstância. Estamos trabalhando para ter um jogador mais dentro da área. O Kleber joga centralizado e tem muito recurso. Espero contar com ele para domingo", disse o treinador.

Outra opção para o ataque seria Caio, mas o jogador é considerado inexperiente demais pelo treinador, que lhe deu uma oportunidade diante do Mogi Mirim, mas o garoto, de 20 anos, não foi bem. Além disso, Kleina não esconde a empolgação em poder contar com Kleber. "Ele se destacou por onde passou, tanto que foi contratado pelo Porto para ser o substituto do Falcao Garcia", lembrou.

Kleber tem contrato de empréstimo com o Palmeiras até o encerramento da Copa Libertadores, com a possibilidade de prorrogação do vínculo até o fim do ano.

O elenco do Palmeiras folgou na segunda-feira e a reapresentação está marcada para às 16 horas desta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.