Gilson Kleina lamenta atuação e início ruim do Palmeiras em clássico

Técnico espera corrigir erros cometidos contra o Santos na partida das quartas de final

Gonçalo Júnior, O Estado de S. Paulo

23 de março de 2014 | 19h53

SÃO PAULO - O técnico Gilson Kleina disse que os primeiros 30 minutos do clássico deste domingo, período em que o Santos abriu 2 a 0, decidiram o jogo a favor do rival, que acabou vencendo a partida por 2 a 1, na Vila Belmiro, e garantiu a liderança geral da primeira fase do Campeonato Paulista.

"Fizemos uma partida ruim, sem conseguir colocar a bola no chão, e isso foi decisivo para o restante do jogo", afirmou o treinador. "No segundo tempo nós melhoramos, tivemos chance, mas só conseguimos fazer o gol muito tarde", completou.

O técnico espera corrigir os erros do clássico diante do Bragantino, no Pacaembu, pelas quartas de final do Paulistão - a tabela desta fase da competição será anunciada nesta segunda-feira pela Federação Paulista de Futebol. "Temos de jogar bem todo o jogo", reclamou Kleina.

O meia Valdivia, que teve atuação razoável no clássico, disse que cada time dominou um tempo. "Fomos melhores na etapa final, mas conseguimos marcar só no final. Poderíamos ter buscado o empate", enfatizou o chileno.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.