Gilson Kleina pretende escalar Ponte Preta com força máxima na Copa Sul-Americana

Time de Campinas estreia na Copa Sul-Americana contra o Gimnasia y Esgrima

Estadao Conteudo

03 de abril de 2017 | 19h18

A Ponte Preta vai estrear na Copa Sul-Americana nesta quarta-feira contra o Gimnasia y Esgrima, da Argentina, a partir das 19h15, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela partida de ida da primeira fase. Se depender do técnico Gilson Kleina, o time vai de força máxima, mesmo tendo um importante jogo na próxima segunda contra o Santos, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, valendo vaga na semifinal do Campeonato Paulista.

"Vamos esperar as notícias do departamento médico. Se os exames mostrarem que temos de administrar, tranquilo. Mas eu quero escalar o que tenho de melhor. Vamos jogar em casa e precisamos de um bom resultado para termos vantagem na Argentina", disse o treinador logo depois da vitória por 1 a 0 sobre o Santos, em Campinas, no último sábado.

Suspenso na partida decisiva da próxima segunda-feira, o volante Fernando Bob vai estar em campo. O meia Renato Cajá, que entrou no decorrer do confronto contra o Santos, pode começar como titular no lugar de Jadson para ganhar ritmo. Apresentado oficialmente, o meia Xuxa, ex-Mirassol, foi inscrito e deve ficar como opção no banco de reservas.

As vendas dos ingressos para a partida começaram na manhã desta segunda-feira ao preço de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) para a arquibancada central e espaço família. Já para cadeira social/camarote a entrada custa R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia).

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolfutebolPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.