Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Gilson Kleina quer contar com todos do elenco da Ponte Preta para bater São Paulo

Times se enfrentam no próximo dia 9, no estádio do Morumbi, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro

Estadao Conteudo

01 de setembro de 2017 | 19h30

Com a corda no pescoço, o técnico Gilson Kleina comandou nesta sexta-feira o último treinamento da semana. Antes de dispensar os seus jogadores para folga até segunda, ele já avisou que pretende contar com todo o elenco para o jogo contra o São Paulo, no próximo dia 9, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Nós precisamos de todos empenhados e dando o máximo porque estamos numa competição muito forte. O São Paulo, por exemplo, está na zona de rebaixamento, mas tem um elenco qualificado", afirmou o técnico, que sabe da necessidade de um bom resultado ou uma boa atuação na próxima rodada.

Com 27 pontos, a Ponte Preta ocupa a 13.ª posição, dois a mais do que o São Paulo com 25, mas na 19.ª penúltima posição. A pequena diferença de pontuação mostra que qualquer resultado é possível, com a vantagem do adversário atuar em casa e diante de sua torcida.

Os treinos da semana foram bem aproveitados e a principal novidade foi a presença do meia Renato Cajá, totalmente recuperado de uma lesão do ligamento patelar do joelho esquerdo. Ele está afastado do time há quase dois meses e a sua presença parece certa neste duelo.

Taticamente, o time deve ter três volantes. Resta saber quais jogadores serão escalados. Naldo cumpriu suspensão automática por cartão amarelo e deve retornar ao lado de Fernando Bob e Elton. Só o volante Jadson preocupou os médicos nesta semana, com um entorse no tornozelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.