Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Gioino e Washington brigam por vaga

Dois jogadores brigam pela vaga de Pedrinho, suspenso por três cartões amarelos: Washington e Gioino. E o atacante argentino está bem cotado para começar sua primeira partida como titular sob o comando do técnico Emerson Leão, neste domingo, contra o Atlético-PR. Sobretudo se o treinador levar em conta o aproveitamento dos dois no trabalho de finalização, hoje, na Academia. Houve apenas conclusão a gol. E Gioino, que jogou o segundo tempo do jogo sem gols com o Fla, quinta-feira, mais acertou que errou, principalmente nas jogadas aéreas. "Vou pensar até amanhã", disse Leão, sem abrir o jogo. A favor de Washington há o gol salvador que ele fez na vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG, no Parque Antártica. O atacante, porém, não teve o mesmo aproveitamento que Gioino no treinamento. E não mostrou habilidade alguma quando tentou fazer cruzamentos pela esquerda. Provocou risos. "Você disse que sabia cruzar?", perguntou Leão, espantado após a primeira tentativa do jogador. Mas Washington tem esperanças de enfrentar o Atlético. "Existe uma oportunidade de jogar, estou esperançoso. Mas não quero ficar ?matutando? essa idéia na minha cabeça. Estarei pronto para atuar 15, 30, 45 ou 90 minutos." Washington não esconde sua ansiedade. Quer jogar, cavar um lugar e ficar no time. "Leão começou seu trabalho aqui optando por três homens mais de meio, sem um centroavante, mas sabemos que ele pode mudar de idéia a cada apresentação", disse. São 50% de chances para Washington e 50% para Gioino, pois o treinador avisou hoje a Warley que ele não seria relacionado para a partida de amanhã, no Pacaembu. Motivo? Não treinou bem durante a semana. "Comigo não tem essa de esconder as coisas. Falei para o Warley que ele não estava relacionado para a partida com o Atlético porque seu rendimento nos treinos não foi bom. E sabe o que ele me disse? Concordou", comentou Leão, que hoje também ?liberou? os atacantes Alex Afonso e Ricardinho para procurar outros clubes. Só não disse isso com todas as letras. "Eles podem atuar em qualquer clube da Série A, pois não fizeram ainda seis partidas no Palmeiras. O Warley só poderia ir para a Série B, pois tem sete jogos pelo clube", disse Leão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.