Giovanni Augusto festeja volta ao palco do 'gol mais importante da vida'

Motivado pelo ótimo momento do Atlético Mineiro no Campeonato Brasileiro, o meia Giovanni Augusto voltará no próximo sábado ao palco de um dos grandes momentos da sua carreira, o Itaquerão. Afinal, foi ele o autor do primeiro gol do estádio, no ano passado, no triunfo do Figueirense por 1 a 0 sobre o Corinthians. O jogador, claro, ainda lembra com carinho daquele momento, tanto que o classifica como o gol mais importante da sua vida.

Estadão Conteúdo

15 de julho de 2015 | 13h00

"Realmente foi um gol bastante especial. Até hoje, sou lembrado por todo mundo por esse gol. Sem duvida, foi o gol mais importante da minha vida. Então, fico muito feliz de ter entrado para a história da Arena Corinthians. Foi um gol que significou bastante na minha trajetória, pude ter o reconhecimento de muitas pessoas para ser mais conhecido, ganhar mais respeito, então, foi um gol que me ajudou bastante e fico muito feliz de ter acontecido", disse.

Giovanni Augusto foi decisivo para os dois últimos triunfos do Atlético-MG ao anotar gols diante do Sport e da Ponte Preta, mas, até então, ainda não havia marcado no Brasileirão. O meia admitiu que o jejum vinha incomodando e acredita que agora vai conseguir se firmar ainda mais como titular.

"Jogador vive de gols, ainda mais a gente que joga do meio para a frente. Então, é sempre muito bom marcar e isso já estava me incomodando. Eu nunca tinha ficado tanto tempo sem marcar e estava muito motivado, então, fico feliz por ter voltado a marcar, gols importantes, e, com certeza, esses gols irão me ajudar bastante no decorrer da caminhada. Espero continuar marcando os gols e, aos poucos, ir entrando para a história do Atlético", afirmou.

O duelo do próximo sábado no Itaquerão reunirá dois dos candidatos ao título do Brasileirão, pois o Atlético é o líder, enquanto o Corinthians ocupa a terceira colocação. Assim, Giovanni Augusto acredita em um duelo bastante equilibrado e de alto nível.

"Acompanhei o Corinthians no jogo contra o Flamengo e achei a equipe deles bastante igual ao nosso time, com jogadores rápidos no contra-ataque, uma defesa muito boa. Então, tem tudo para ser um grande jogo. Esperamos fazer mais um grande jogo para conquistar mais três pontos e quem tem a ganhar com isso são os torcedores estarão acompanhando. Espero que a nossa torcida possa sair feliz no sábado", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.