Giovanni pode ficar afastado 15 dias

O técnico Gallo já pensa em como armar o time para enfrentar domingo o Atlético-MG e sabe que não vai ser fácil. Giovanni, um dos principais jogadores, jogou apenas 23 minutos no domingo e saiu com dores musculares na coxa esquerda. Ele acreditava que o problema era leve e que voltaria aos treinos normalmente, mas nesta segunda-feira soube o resultado da ressonância magnética a que foi submetido: lesão de primeiro grau no músculo posterior da coxa. A previsão é de que ele fique afastado entre dez e quinze dias.O médico Carlos Braga já vetou Giovanni para o jogo de domingo e para o clássico contra o Palmeiras, dia 21, na Vila Belmiro. ?É um jogador de muita qualidade que, sem dúvida, vai fazer muita falta?, comentou Gallo.Os problemas do treinador não param por aí. O lateral-esquerdo Kleber foi expulso domingo na partida contra o Flamengo e seu substituto direto, Wendel, também vai cumprir suspensão por ter levado o terceiro cartão amarelo. O quarto desfalque será Ávalos, que também recebeu o terceiro cartão amarelo.Acostumado a mudar o time freqüentemente por causa das contusões e suspensões, Gallo comentou que isso é um motivo de preocupação. ?Não tem como a gente ter 100% do plantel sempre bem?, disse ele, concluindo: ?nossa caminhada não está sendo fácil e por isso acho que ela é bonita. Estamos nos mantendo bem na competição e estamos há dez partidas sem perder?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.