Givanildo diz acreditar em salvação do Mogi Mirim

O técnico Givanildo de Oliveira foi apresentado, oficialmente, apenas nesta quinta-feira como novo treinador do Mogi Mirim para a reta final do Campeonato Paulista. Experiente, o técnico acredita que pode salvar o clube de Rivaldo do rebaixamento.

AE, Agencia Estado

19 de março de 2009 | 18h58

"Vim porque acredito que posso tirar o Mogi Mirim dessa situação. Caso contrário, não teria aceitado o convite e não estaria aqui", comentou o treinador, que confia no trabalho durante a semana para ajudar o time na reta final do Paulistão.

"Todos precisam ter a vontade de reverter esta situação. Eu posso ajudar, mas os jogadores terão que corresponder dentro de campo, pois são eles que jogam e não eu", afirmou Givanildo de Oliveira, que já comandou seu primeiro treinamento no novo clube.

A definição dos titulares que enfrenta o Guarani, no sábado, deve acontecer nesta sexta-feira à tarde. Mesmo sem ter tempo de impor sua filosofia de jogo, ele espera que o grupo se supere para vencer e se manter vivo na competição. Antes disso, o Mogi é o lanterna do Paulistão, com nove jogos.

Mais conteúdo sobre:
futebolMogi MirimGivanildo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.