Givanildo e torcida motivaram Paysandu

Depois da vitória de virada sobre o Palmeiras, por 3 a 1, neste domingo, em Belém, o goleiro Marcão contou que uma conversa no intervalo com o treinador Givanildo mudou o humor do time do Paysandu. "Ele nos disse que a equipe era boa, e que tínhamos totais condições de vencer", contou o jogador, justificando a reação da equipe, que marcou três gols na segunda etapa e garantiu vaga na final da Copa dos Campeões.Na visão de Givanildo, o entusiasmo do Paysandu em campo foi decisivo para a definição do resultado. "Quero avisar ao Cruzeiro que temos condições de ganhar o título. Respeitamos o Palmeiras o tempo todo, mas eu sabia que a vitória seria possível.?A presença maciça da torcida do Paysandu no estádio do Mangueirão foi ressaltada pelo meia Sandro como fundamental na partida deste domingo. "Ela fez a diferença, incentivou demais o time", agradeceu. Autor do terceiro gol do time paraense, o atacante Albertinho lembrou que o futebol de hoje está muito equilibrado. "Não existe mais o vencedor de véspera. Times pequenos e grandes estão igualados."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.