Gláuber troca Guarani pela Grécia

Enquanto tenta buscar reforços visando o Campeonato Brasileiro, o Guarani continua se desfazendo de alguns jogadores. O zagueiro Gláuber embarca, quinta-feira, para a Grécia, onde defenderá o Akratitos, da cidade de Atenas. Outro bugrino, o zagueiro Edu Dracena, também já acertara sua ida para o futebol grego, mais especificamente para o Olimpyakos, time onde já atuam os brasileiros Zé Elias e Giovanni. A negociação vinha sendo desenrolada há várias semanas, mas chegou a um desfecho somente nesta terça-feira. O Guarani vai receber US$ 300 mil pelo empréstimo de um ano. O clube tem 50% dos direitos federativos do jogador de 21 anos, que tem vínculo com um empresário. "Acho que será uma grande chance profissional", avaliou Gláuber, recentemente, campeão no tradicional Torneio de Toulon, na França, pela seleção brasileira Sub-21. Revelado pelo União Barbarense, de Santa Bárbara d´Oeste, Gláuber nunca se firmou como titular, embora tenha jogado tanto de quarto-zagueiro como de lateral-esquerdo. Para seu lugar, o clube trouxe de volta o experiente Sangaletti, bicampeão pernambucano com o Náutico. Depois de perder dois jogos para o Internacional-RS - 3 a 0 e 2 a 0 - o Guarani treina, nesta quarta-feira à tarde, contra o Campinas, que participa do Campeonato Paulista da Série B3, equivalente à sexta divisão. "Será um jogo importante para acertamos alguns detalhes da equipe", comentou o técnico Zé Mário, que acha faltar entrosamento para o Guarani que estréia no Campeonato Brasileiro diante do Atlético Paranaense, dia 11 de agosto, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.