Silvana Garzaro
Silvana Garzaro

Globo afasta Mauro Naves por se envolver no caso Neymar

Jornalista passou os contatos do pai do atacante da seleção para o primeiro advogado da mulher que acusa atacante de estupro

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2019 | 10h47

O repórter Mauro Naves, da TV Globo, foi afastado da cobertura esportiva da emissora por envolvimento no caso do atacante Neymar. Durante a edição desta quarta-feira, 5, do Jornal Nacional, o apresentador William Bonner disse que Naves passou os contatos do pai do Neymar para o primeiro advogado de Najila Trindade, José Edgard da Cunha Bueno Filho. O profissional deixou o caso por não concordar que a mulher registrasse o caso como estupro.

Em comunicado, Bonner afirmou que a atitude contraria as diretrizes da emissora, que só foi informada do envolvimento de seu funcionário naquele dia. 

Em sua defesa, o jornalista alegou que apenas repassou os contatos porque esperava obter a história com exclusividade. Quando o assunto ganhou repercussão pública, o repórter avaliou que sua participação no fato não teria relevância.

Naves foi elogiado pelo âncora, definido como "excelente profissional". "Mauro Naves é um profissional excelente, com grandes contribuições ao Jornalismo Esportivo da Globo. Mas há evidências de que as atitudes dele neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter Mauro Naves deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos", informou a emissora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.