Daniel Augusto Jr/Divulgação
Daniel Augusto Jr/Divulgação

Gobbi diz que Corinthians está no 'caminho certo'

Dirigente admite que o time do técnico Mano Menezes ainda tem 'muito trabalho a fazer'

Agência Estado

25 de março de 2014 | 16h13

SÃO PAULO - Apesar da queda precoce no Campeonato Paulista, o presidente Mário Gobbi acredita que o Corinthians está no "caminho certo", recuperando-se do "mau momento vivido desde agosto do ano passado". O dirigente, contudo, admite que o time do técnico Mano Menezes ainda tem "muito trabalho a fazer". "Estamos perto do encerramento do primeiro trimestre do ano e, obviamente, não alcançamos o resultado esperado no Campeonato Paulista. No entanto, estamos em uma fase de transição e nos recuperando do mau momento vivido desde agosto do ano passado", afirmou Gobbi nesta terça-feira, em carta endereçada aos torcedores.

Para o presidente, os reforços Jadson e Luciano foram os motivos de orgulho da equipe neste início de ano. "As mudanças no elenco de futebol profissional foram feitas e a equipe já deu os primeiros sinais de recuperação. Os desempenhos dos novos contratados Jadson e Luciano, bem como o do velho conhecido Romarinho, dão mostras de que estamos no caminho certo", disse Gobbi, que voltou a prometer contratações, mas sem citar nomes - "reforços que sejam referência para a sequência do ano".

Ele também viu pontos positivos no fato de o time ficar sem jogar num período de 27 dias, em razão da eliminação precoce no Estadual e da boa vitória na estreia da Copa do Brasil - ao vencer por dois gols de diferença, o Corinthians descartou o jogo da volta e avançou direto para a segunda fase. "O período sem partidas oficiais servirá para treinarmos melhor o time."

Se o primeiro trimestre do ano não foi dos melhores, Gobbi prevê ao menos uma grande alegria para a torcida no segundo: a inauguração do Itaquerão. "Ainda neste semestre, teremos a honra de realizar mais um sonho dos mais de 30 milhões de corintianos espalhados pelo mundo", comemorou.

"Em um projeto capitaneado pelo eterno presidente Andrés Sanchez, e realizado em parceria com a Odebrecht Infraestrutura, a Arena Corinthians ficará pronta. Além de ser a nova casa do Timão, o estádio será o único palco de São Paulo a receber jogos na Copa do Mundo", escreveu Gobbi.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansMário Gobbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.