Goiás admite que vai jogar na retranca

Em crise e com vários desfalques, o Goiás vai jogar na retranca contra o Atlético-PR, neste sábado, às 16 horas, em Curitiba. Serão três zagueiros e três volantes, já que todos no clube admitem que um empate será um bom resultado - o time goiano é o lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas 10 pontos."Ainda há muito a ser acertado na equipe antes do jogo", revelou o técnico Cuca, que trocou o Atlético-PR pelo Goiás em maio. Afinal, ele tem muitos problemas para escalar o time. Josué, Danilo, Renato e Simão estão fora do jogo, punidos com suspensão. Os goleiros Harlei (doping) e Kiko (agressão) também estão suspensos, o que abre espaço para o segundo reserva da posição: Rodrigo Calaça. O Goiás contratou dois reforços esta semana, mas eles ainda não têm condições legais de jogo. Esquerdinha, de 31 anos e que estava no Zaragoza (Espanha), e Pedro Paulo, do Náutico (PE), chegaram para tentar tirar o time da lanterna do Brasileiro.

Agencia Estado,

11 de julho de 2003 | 15h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.