Goiás ainda sonha com a Libertadores

Sem o goleiro Rodrigo Calaça, que cumpre suspensão automática e será substituído por Gilmar, o Goiás enfrenta o Figueirense, neste sábado, às 17 horas, no estádio Serra Dourada. "Este jogo é importante, se quisermos somar pontos, pois temos chances matemáticas de conquistar uma vaga na Libertadores", acredita o técnico Cuca, que tem proposta do Santos e do São Paulo para trocar o Goiás por salários de até R$ 90 mil. Dimba, com 30 gols, precisa marcar mais para conquistar o título de maior artilheiro do Campeonato Brasileiro: "Eu tenho este objetivo no momento", disse o jogador que terá um final de semana decisivo: Ficará de olho em Renaldo (29 gols) no jogo Paraná x Corinthians, e definirá se joga no Goiás, Corinthians ou Betis (Espanha) em 2004. A penúltima partida do Goiás na competição, também marca a despedida de Araújo, que assinou com o Shimizu (Japão), para uma temporada de dois anos. Com 136 gols marcados, Araújo é o maior goleador na história de 61 anos do Goiás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.