Goiás ainda sonha com a Libertadores

Ainda sonhando com uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem, o Goiás (6.º) enfrenta o Palmeiras (5.º) neste sábado, às 18h10min, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO). Para o técnico Celso Roth, seu time tem chances por estar a seis pontos do Palmeiras (78 pontos) e a nove do São Caetano (77), que estão na briga direta pela última vaga na classificação. Como há nove pontos em disputa, os tropeços podem abrir espaço para a sua equipe.Os jogadores do time goiano esperam levar a melhor neste jogo. "Nós temos a obrigação de ir com tudo para cima deles", diz André Dias, que formará a zaga com Renato e Asprilla. "No jogo as duas equipes terão liberdade de atacar mas nós não temos nada a perder; melhor ainda, podemos conquistar mais pontos", disse. "Começamos bem e vamos terminar buscando uma boa pontuação", disse o volante Josué. O jogador também usa as estatísticas como argumento para atacar o Verdão. No Serra Dourada, e em 21 jogos disputados perdeu dois, empatou cinco e ganhou 14 partidas. Para outros jogadores como o artilheiro Alex Dias (21 gols) - há oito jogos sem marcar -, e para o atacante Leandro (14 jogos), que estão de malas prontas para jogar no Cruzeiro (Minas) e no Lokomotiv (Rússia), o jogo é uma boa chance para mostrar serviço.Quanto ao time titular, Roth terá a volta de Paulo Baier à ala direita, um reforço para o seu ataque. Para se ter uma idéia, Paulo Baier mais Leandro e Alex Dias marcaram 40 dos 79 gols do Goiás no Campeonato Brasileiro deste ano. Por outro lado, o técnico não terá o meia Rodrigo Tabata (suspenso), que será substituído por Jorge Mutt. Mas poderá contar com o volante Simão, que se recuperou de lesão muscular na coxa e vai jogar em lugar de Danilo Portugal (suspenso).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.