Goiás cede empate ao Flamengo nos acréscimos

O Goiás perdeu nesta terça-feira uma grande chance de encostar no Flamengo e dar um passo importante para sair da zona de rebaixamento. Ganhava no Serra Dourada do time carioca por 1 a 0 e tinha o jogo na mão, mas errou tanto que acabou levando o gol de empate aos 47 minutos do segundo tempo.

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 00h09

Companheiro de ataque de Rafael Moura, Felipe culpou o parceiro pelo tropeço do Goiás. "O time deles já estava em cima, aí o Rafael faz uma besteira, acertou o jogador deles e nós tivemos que correr por ele", reclamou o jogador.

Com o resultado, o time alviverde manteve-se na 18ª posição, com 25 pontos. O Flamengo foi a 29 pontos e fica ameaçado de acompanhar o rival na zona da degola se o Atlético-GO ganhar e o Avaí não perder do líder Fluminense nesta quarta-feira.

Como a fase não é das melhores, Silas armou o Flamengo na retranca no Serra Dourada, que teve o gramado muito prejudicado pela forte chuva. O técnico sacou o atacante Diogo e escalou o volante Maldonado. O Goiás aceitou o convite para tomar a iniciativa e foi em

busca do primeiro gol. Conseguiu no início da segunda etapa, quando Jean marcou contra ao tentar cortar cruzamento de Carlos Alberto.

O problema é que Rafael Moura acertou um tapa na cara de Maldonado e foi expulso aos 12 minutos. Ainda assim, o Goiás ainda teve uma grande chance para matar o jogo. Aos 33, Douglas avançou em velocidade, driblou Marcelo Lomba e chutou por cima.

Silas colocou Diogo, Val Baiano e Petkovic e mandou o time para o tudo ou nada. E nos acréscimos Deivid empatou num chute de fora da área.

Os dois times jogarão como visitantes na próxima rodada, e no Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira, o Goiás irá a São Januário enfrentar o Vasco. No dia seguinte, o Flamengo faz o clássico carioca com o Botafogo no Engenhão.

FICHA TÉCNICA:

Goiás 1 x 1 Flamengo

Goiás - Harley; Wendell, Marcão, Rafael Toloi (Lucas) e Junior (Douglas); Jonilson, Ernando, Amaral e Carlos Alberto (Rithelly); Rafael Moura e Felipe. Técnico - Jorginho.

Flamengo - Marcelo Lomba; Léo Moura, David Braz, Jean e Juan; Maldonado (Diogo), Willians (Val Baiano), Kleberson, Correa e Renato (Petkovic); Deivid. Técnico - Silas.

Gols - Jean (contra), aos dois, e Deivid, aos 45 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Paulo César Oliveira (Fifa-SP).

Cartões amarelos - Maldonado, Juan (Flamengo), Marcão, Junior (Goiás).

Cartão vermelho - Rafael Moura (Goiás).

Público - 13.898 pagantes.

Renda - R$ 378.070,00.

Local - Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.