Goiás derrota o Coritiba em casa: 2 a 1

Uma imprevista derrota diante do Goiás, por 2 a 1, neste domingo à tarde no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, complicou a vida do time do Coritiba no Campeonato Brasileiro. Com a derrota, em partida amplamente dominada pelo time paranaense, o Goiás que era o 12.º, passou a somar 14 pontos ganhos e subiu para a posição que era do Coritiba, a nona.No jogo, e no primeiro tempo, o Goiás reverteu um desfecho dramático ao jogar mal, errar passes e assistir em campo o domínio total do Coritiba, que impôs o ritmo a partir de jogadas variadas pelos flancos e atuando com objetividade no ataque. Mas o Coritiba perdeu boas oportunidades, aos 3 minutos e aos 23 minutos com Marquinhos, foi prejudicado pelo juiz, que não marcou pênalti de Harlei em Alexandre, aos 30 minutos, e ainda sofreu o gol de cabeça, aos 37 minutos, de Rodrigo Tabata. "A gente fica de saco cheio", desabafou Cuca."Porque a arbitragem não vê a coisa clara, óbvia, na frente". No segundo tempo, o melhor futebol do Coritiba não barrou o Goiás que valorizou a posse de bola. Para complicar a vida de Cuca, o meia Rodrigo Tabata superou dois marcadores para bater cruzado, aos 18 minutos, ampliando para 2 a 0, no canto direito de Vizzoto. Jackson puxou a reação do Coritiba e diminuiu, aos 29 minutos, em boa jogada. Com o resultado, o Goiás derrubou o tabu de cinco partidas sem vencer o Coritiba nos últimos cinco anos, e ainda mantém uma invencibilidade de 11 jogos sem perder no Serra Dourada, com oito vitórias e três empates.Agora, o Goiás enfrenta o Vasco da Gama, em São Januário, no Rio, às 18h10min do próximo sábado. Já o Coritiba recebe, no mesmo dia, o Paysandu, no Couto Pereira, em Curitiba, às 16 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.