Goiás derrota o Cruzeiro no Mineirão

O Goiás não respeitou o atual campeão brasileiro e venceu o Cruzeiro no Mineirão nesta quarta-feira, por 3 a 1, em partida válida pela 25ª rodada da competição nacional. Com o resultado, a equipe do técnico Celso Roth soma agora 42 pontos e está na briga pelas primeiras colocações do Brasileirão. O time mineiro sofreu sua segunda derrota seguida - no último sábado havia perdido para o Juventude, por 1 a 0 - e continua com 34 pontos, sem vencer no returno do campeonato. Com mais posse de bola e objetividade, a equipe visitante foi melhor durante o primeiro tempo. Aos 14 minutos, numa falha de marcação, a defesa celeste deixou livre na área o atacante e artilheiro do campeonato, Alex Dias, que após uma cobrança de escanteio da esquerda, chutou forte, de primeira. A bola bateu na trave e nas costas do goleiro Artur antes de entrar. Foi o 16º gol de Alex Dias na competição, jogador que está emprestado pelo clube mineiro ao Goiás. O Cruzeiro teve duas boas oportunidades para marcar. Mas durante quase toda a etapa inicial, o time mineiro abusou dos erros de passe e foi ineficiente no ataque. Os poucos torcedores que compareceram ao Mineirão demonstraram irritação com a atuação da equipe nos primeiros 45 minutos e os jogadores deixaram o campo sob vaias. Na volta do intervalo, o técnico Marco Aurélio procurou dar mais poder ofensivo ao time e promoveu as entradas do atacante chileno Tapia e do meio-campista Sandro, sacando o lateral-direito Marco Aurélio, e o meia Martinez. A equipe celeste melhorou e, aos 11 minutos, o goleiro Harlei foi obrigado a fazer grande defesa para salvar o gol de empate numa conclusão do atacante Jussiê. Três minutos depois, porém, numa jogada bem tramada, o atacante Leandro recebeu um passe milimétrico de Alex Dias e fez 2 a 0. A resposta cruzeirense foi rápida e, num lance confuso, Jussiê descontou de cabeça, na saída de Harlei. O time mineiro criou chances para empatar, mas esbarrou na grande atuação do goleiro adversário. Aos 45 minutos, Fábio - que entrou no lugar de Alex Dias - chutou forte para a área. A bola bateu em Edu Dracena e entrou, decretando a vitória goiana em Belo Horizonte. O árbitro Wilson Luis Seneme assinalou gol contra de Edu Dracena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.