Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Divulgação/Goiás Esporte Clube
Divulgação/Goiás Esporte Clube

Goiás e Atlético-GO anunciam retomada dos treinamentos em maio 

Equipes estão na contramão dos demais clubes da Série A do Brasileirão, que têm optado pela prorrogação das férias

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de abril de 2020 | 10h55

Goiás e Atlético-GO anunciaram que irão retomar sessões de treinamentos após o período de férias concedidos aos jogadores. Os atletas ganharam descanso remunerado até o dia 30 deste mês, com salário integral. Os dois clubes está na contramão dos demais times da Série A do Campeonato Brasileiro, que têm prorrogado período de férias e ainda não determinaram a volta ao trabalho. As equipes goianas pretendem retomar as atividades nos clubes entre os 1º e 2 de maio.

Túlio Lutosa, gestor de futebol do Goiás, explicou que o número de jogadores em campo será reduzido, apenas quatro atletas por vez, e as sessões serão realizadas em horários separados, a exemplo do que acontece na Alemanha há uma semana. "Eles vão ser divididos, o campo estará dividido em quadrante e cada atleta vai respeitar esse distanciamento. Não haverá trabalho coletivo. Quando a gente sentir segurança em poder fazer os treinos normais, vamos fazer", afirmou Túlio à TV oficial do clube.

Já o Atlético-GO pretende retomar as atividades em seu CT seguindo um protocolo específico, realizado em conjunto com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). "Prorrogamos as férias por mais dez dias para voltarmos no início de maio. Acreditamos que a partir daí será possível retomarmos os treinos. Os atletas não estão nos grupos de risco, trabalham em ambiente aberto. Então, acreditamos que seja possível", disse Adson Batista, presidente do clube, em entrevista ao Globoesporte.com.

Ainda não há uma decisão concreta sobre o fim do Campeonato Goiano nem para uma sequência da Copa do Brasil ou uma data de início do Campeonato Brasileiro. A CBF acredita que seja pouco viável a realização do Brasileirão em maio e aponta, com ressalvas, para um possível reinício em junho. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.