Goiás e Corinthians ficam no empate

Pontuar está virando motivo de comemoração no Corinthians, mesmo no duelo contra o lanterna da competição. O momento vivido pela equipe de Parque São Jorge é tão delicado no Campeonato Brasileiro, que o empate diante do Goiás, nesta quarta-feira à noite, no Serra Dourada, em Goiânia, por 1 a 1, foi considerado bom resultado. Repetindo as últimas rodadas, o time paulista levou sufoco e não sofreu mais gols graças à falta de competência do rival. Os jogadores levaram à risca a idéia de jogar como time pequeno. Formaram paredão na defesa e arriscaram-se em contra-ataques. O resultado agradou. Mas a bruxa continua solta no Corinthians. O técnico Geninho, que já vem sofrendo com os constantes desfalques no time, ora por contusão, ora por suspensão e ora por negociação, pode ter perdido mais três importantes atletas para o duelo contra o Guarani, sábado, no Pacaembu. O meia Jorge Wagner deixou o campo ainda na primeira etapa, com fratura na mão esquerda. No intervalo, foi a vez do atacante Gil ser substituído, com contratura no músculo adutor da coxa esquerda. No fim, Leandro foi expulso. O primeiro tempo foi um verdadeiro massacre do time goiano. Araújo, duas vezes, Tiago e Dimba, desperdiçaram boas chances. Ou a finalização passava raspando a trave ou acabava nas mãos do goleiro Rubinho. O substituto de Doni, suspenso, teve muito trabalho. O Corinthians, apático, mal conseguia passar do meio-de-campo. E a tamanha retranca não foi suficiente para evitar o gol de Josué, aos 28 minutos, após bela troca de passes. A etapa acaba sem o ataque do Corinthians chegar ao gol goiano. Sem opções, o treinador teve de promover a estréia de Abuda, de 17 anos. Mas também pode perdê-lo. Nesta sexta-feira sai a convocação da seleção sub-17 e ele deve fazer parte da lista. Wendell foi chamado nesta quarta-feira para a sub-20. O único momento de alegria, aconteceu no gol de Fabinho. E quando a situação é critica, nada dá certo. No último minuto, em ataque do Corinthians, a bola sobrou para Renato que teve a chance de garantir a vitória que não vem há quatro rodadas. Chutou longe. Reforços ? A diretoria do Corinthians promete anunciar a contratação de dois atacantes e um meia até o início da próxima semana ? as inscrições no Brasileiro terminam no dia 30. O meia Robert, ex-Santos e atualmente no Consadole Sapporo, do Japão, e o atacante Kleber, ex-Atlético-PR, do Tigres, do México, foram sondados. Mas os altos salários praticamente inviabilizaram as negociações. Kleber até aceita reduzir os salários, mas sua equipe não quer emprestá-lo. Pede US$ 3 milhões para vendê-lo. Com tamanha dificuldade, o clube pode trazer Tiago Corrêa, meia de 18 anos, do Maringá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.