Goiás e Paraná só empatam: 1 a 1

Goiás e Paraná entraram em campo nesta quarta-feira à noite no estádio Serra Dourada em Goiânia, sonhando com a liderança do Campeonato Brasileiro, mas acabaram empatando por 1 a 1 e assim, permanecem atrás do Corinthians. O Paraná largou na frente com gol de falta de Neto. O Goiás reagiu e empatou com Rodrigo Tabata. Com o resultado, as duas equipes chegam a 38 pontos ganhos. Na próxima rodada, domingo, o Paraná recebe o São Paulo no Pinheirão, em Curitiba, enquanto o Goiás enfrenta o São Caetano, no Anacleto Campanella, em São Caetano.Dono da melhor defesa do Brasileiro, o Paraná começou melhor. Marcava forte, sem dar espaços ao Goiás. Fechado na defesa, o time paranaense tentava sair em velocidade nos contra-ataques, mas conseguiu fazer isso poucas vezes na primeira etapa. A única chance do primeiro tempo apareceu aos 19 minutos em bola parada. Cobrando falta, Neto acertou o ângulo direito de Harlei para marcar 1 a 0. O Goiás, por sua vez, não conseguia sair da forte marcação. Na única vez que o Paraná descuidou, aos 35 minutos, Rodrigo Tabata fez boa jogada. Lançou Jadilson, que chutou forte e o goleiro Flávio defendeu. Na rebatida, Romerito chuta fora desperdiçando grande oportunidade.Os problemas do Paraná começaram aos 40 minutos, quando o time perdeu o goleiro Flávio, com dores na coxa. Nove minutos depois, já nos descontos, teve o jogador Beto expulso após falta por trás em Cléber.No segundo tempo, com um homem a mais e mudanças no posicionamento, o Goiás imprimiu maior velocidade, mas errava nas finalizações. O empate só veio aos 30 minutos, num gol de falta através de Paulo Baier. A partir daí, o Paraná tratou de se defender, deixando apenas André Dias no ataque. Assim, conseguiu resistir à pressão e voltar para casa com um ponto ganho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.