YouTube/Reprodução
YouTube/Reprodução

Goiás e Vila Nova obtêm recurso no STJD e jogarão com portões fechados

Clubes haviam sido punidos com perdas de cinco mandos de campo

Estadao Conteudo

13 de julho de 2017 | 16h26

Goiás e Vila Nova obtiveram vitórias parciais no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta quinta-feira, no caso de briga de torcidas no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Eles haviam sido punidos com perdas de cinco mandos de campo. Com a decisão desta quinta, a punição foi reduzida para jogos com portões fechados.

Os auditores do Pleno do STJD aplicaram cinco jogos com portões fechados e multa de R$ 30 mil para o Goiás, que havia sido multado em R$ 50 mil inicialmente. O Vila Nova jogará quarto partidas sem torcida. Levou ainda multa de R$ 30 mil, R$ 20 mil a menos que a sanção aplicada na primeira instância.

Os dois clubes foram punidos por causa da briga generalizada ocorrida entre as duas torcidas logo após o fim do clássico. Eles invadiram o setor da geral, que está interditado há anos, do Serra Dourada e entraram em confronto. Imagens da TV mostraram um torcedor sendo vítima de espancamento enquanto estava desacordado no chão, além de outras cenas de violência.

Por causa do episódio de violência, o presidente do STJD, Ronaldo Botelho Piacente, chegou a se antecipar ao decidir pela interdição do estádio. Apesar disso, o estádio recebeu jogo do Vila Nova na terça-feira, pela Série B.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Vila NovaFutebolSTJDGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.