Goiás esquece descenso para avançar na Sul-Americana

Rebaixado matematicamente no Campeonato Brasileiro, o Goiás tenta recuperar o ânimo para enfrentar o Palmeiras nesta quarta-feira, a partir das 21h50, no Pacaembu, na partida de volta da semifinal da Copa Sul-Americana. Como perdeu em Goiânia por 1 a 0, na semana passada, o time goiano precisa da vitória em São Paulo para ir à final da competição continental.

AE, Agência Estado

24 de novembro de 2010 | 08h17

O trabalho do técnico Artur Neto é motivar o grupo do Goiás, principalmente depois da derrota por 4 a 1 para o Santos, no último domingo, no Estádio Serra Dourada, que provocou o rebaixamento no Brasileirão. Mas os jogadores do time goiano apostam que a conquista do título da Sul-Americana pode aliviar a tristeza pela queda para a Série B de 2011.

De acordo com o técnico Artur Neto, que assumiu o comando do Goiás neste mês, no lugar do demitido Jorginho, os atletas não devem "chorar pelo Brasileiro" e precisam pensar na Sul-Americana e na próxima temporada. "É hora de começar a planejar a próxima temporada, para que tenhamos um ano bem melhor que esse", declarou o treinador.

Se a situação já é complicada, a condição física dos jogadores pode dificultar ainda mais. Enquanto o Palmeiras poupou seus titulares nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, o clube goiano foi obrigado a escalar o que tinha de melhor, ainda na luta para evitar o rebaixamento.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa Sul-AmericanaGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.