Goiás ganha primeira, e deixa Coritiba na lanterna

O Goiás conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro neste sábado: 3 a 1 em cima do Coritiba, no Couto Pereira, resultado que fez a equipe saltar para a sétima posição, com 5 pontos. Para o time da casa, o resultado foi catastrófico: com apenas 1 ponto, está em último lugar e, pior que isso, deixou sua torcida desconfiada quanto às chances de classificação para a final da Copa do Brasil.

JULIO CESAR LIMA, Agencia Estado

30 de maio de 2009 | 21h00

O time enfrenta o Internacional, na quarta-feira, novamente em seu estádio, e precisa vencer por dois gols de diferença para compensar a derrota por 3 a 1 no jogo de ida, em Porto Alegre. Mas a atuação do time, que teve quase todos os titulares, não foi nada animadora.

O Coritiba iniciou a partida no ataque, mas quem abriu o placar foi o Goiás: num rápido contra-ataque, aos 4 minutos, Felipe sofreu pênalti de Pereira. Ele mesmo cobrou: na primeira tentativa, Vanderlei defendeu, o árbitro Pablo dos Santos Alves mandou voltar e, aos 6 minutos, Felipe abriu o placar.

O gol desorientou o Coritiba, que errava passes em demasia e não conseguia articular jogadas. O Goiás esperava o time da casa em seu campo e, aos 30 minutos, Iarley completou um cruzamento de Ramalho e ampliou. Os goianos aproveitavam o nervosismo do time da casa e aos 38, em uma cobrança de falta, Iarley tocou para Felipe, que acertou um chute no ângulo direito e marcou o terceiro gol.

O Coritiba descontou no início da segunda etapa, aos 6 minutos, em bonita jogada de Marcelinho Paraíba, , que passou por Ernando a chutou sem chances para Harlei. O gol animou o torcedor, mas a reação ficou nisso. Mesmo com um jogador a mais - Rafael Toloi foi expulso aos 21 minutos -, o Coritiba não levou mais perigo ao gol do Goiás, com exceção de um chute na trave de Renatinho, aos 31 minutos. No final da partida, a equipe saiu vaiada de campo.

Carlinhos Paraíba espera que a derrota não interfira na partida contra o Inter. "Vamos nos concentrar bastante para esse jogo. É uma competição diferente e precisamos vencer", concluiu.

Ficha Técnica:

Coritiba 1 x 3 Goiás

Coritiba - Vanderlei; Felipe, Pereira e Cleiton (Leandro Donizete); Márcio Gabriel, Jailton, Carlinhos Paraíba, Pedro Ken (Ariel) e Vicente (Renatinho); Marcelinho Paraíba e Bruno Batata. Técnico: René Simões.

Goiás - Harlei; Leandro Euzébio, Rafael Toloi e Ernando; Fábio Bahia, Amaral (Everton), Ramalho, Felipe Menezes (João Paulo) e Julio Cesar; Iarley (Zé Carlos) e Felipe. Técnico: Hélio dos Anjos.

Gols - Felipe (pênalti), aos 6, Iarley, aos 30, e Felipe, aos 38 minutos do primeiro tempo; Marcelinho Paraíba, aos 6 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Pablo dos Santos Alves (RJ).

Cartões amarelos - Pereira, Jailton, Marcio Gabriel, Leandro Donizete, Ariel e Carlinhos Paraíba (Coritiba); Harlei, Fábio Bahia, Ramalho, Amaral, Felipe Menezes e Iarley (Goiás).

Cartão vermelho - Rafael Toloi (Goiás).

Renda - R$ 106.180,00.

Público - 8.642 pagantes (10.513 no total).

Local - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.