Goiás goleia o Grêmio por 4 a 0

O Goiás se reabilitou no Campeonato Brasileiro, neste sábado à noite, ao golear o Grêmio, por 4 a 0, no Serra Dourada, em Goiânia. Os gols foram marcados por Rodrigo Tabata e Leandro, no primeiro tempo, e Alex Dias (2) na etapa final. Com a vitória, o Goiás passou a somar sete pontos, enquanto o Grêmio segue com cinco. Sem Claudiomiro e Christian, o Grêmio nem parecia o time que goleou o Corinthians (4 a 0). No primeiro tempo, chegou a se defender com seis jogadores para não deixar brechas para o adversário, embora começasse a partida atacando principalmente com Michel e Marcelinho. Na melhor chance, aos 11 minutos, cruzamento de Marcelinho pegou o goleiro Harlei e os atacantes gremistas dispersos. Jogando em 3-5-2 e atacando pelas laterais o Goiás avançou e o primeiro gol surgiu aos 32 minutos. Após tabela entre Leandro e Jorge Mutt, o meia Rodrigo Tabata foi servido de calcanhar dentro da área para bater no canto esquerdo de Tavarelli e marcar o "gol Ayrton Senna". O Goiás ampliou, aos 35 minutos, com Leandro. "O time ficou mais ofensivo, com o Leandro jogando mais avançado e o (Jorge) Mutt chegando na área, vindo de trás", explicou Alex Dias, atual artilheiro do campeonato com seis gols. No segundo tempo, o Grêmio ameaçou reagir. Teve boas chances de marcar, mas errou na finalização, enquanto o Goiás aproveitou a euforia momentânea dos gaúchos para envolver ainda mais a defesa adversária e ampliar o placar. Aos 12 minutos, Alex fez 3 a 0 após lançamento de Paulo Baier, que matou a bola no peito entre dois zagueiros gremistas. A melhor chance do Grêmio veio aos 15 minutos em um chute de Fábio Pinto. Porém, aos 45 minutos, Fábio que acabara de entrar foi derrubado na área. Pênalti que Alex bateu, marcou e fechou a goleada: 4 a 0. Próximos jogos - O Grêmio tentará reagir na competição enfrentando, sábado, às 18 horas, em São Januário, o Vasco. O Goiás joga domingo contra o Figueirense, às 17 horas, no Serra Dourada (GO).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.