Márcio Cunha|Chapecoense
Márcio Cunha|Chapecoense

Ex-Botafogo e Corinthians, Jair Ventura é o novo treinador do Goiás

Técnico de 43 anos estava sem clube desde fevereiro, quando deixou o comando do Juventude; estreia do comandante pelo esmeraldino será neste sábado, contra o Palmeiras

Redação, Estadão Conteúdo

14 de abril de 2022 | 14h13

O Goiás definiu quem será o seu treinador para a sequência do Campeonato Brasileiro. A diretoria acertou os últimos detalhes com Jair Ventura e anunciou o comandante, que comanda seu primeiro treinamento já nesta quinta-feira.

Filho do ex-atacante Jairzinho, que fez história com as camisas de Botafogo e seleção brasileira, Jair Ventura tem 43 anos e estava sem clube desde que deixou o Juventude em fevereiro.

A missão do treinador será manter o Goiás na elite do Campeonato Brasileiro, situação parecida com a que viveu no Sport, em 2020, e no Juventude, no ano seguinte. Em ambas, o objetivo foi alcançado. Entre esses dois trabalhos, Jair Ventura comandou a Chapecoense e foi demitido sem nenhuma vitória em 14 jogos.

O técnico começou a carreira com um grande trabalho no Botafogo entre 2016 e 2017, levando o time carioca a disputar as quartas de final da Libertadores. Mas, depois teve passagens frustrantes por Santos e Corinthians, ambas em 2018.

A diretoria esmeraldina vinha analisando nomes de treinadores desde que Bruno Pivetti deixou o cargo no final de março após o coordenador Paulo Autuori pedir demissão. Nos últimos três jogos, o Goiás foi comandado interinamente por Glauber Ramos, auxiliar-técnico fixo do clube.

No entanto, as três derrotas seguidas — duas para o Atlético-GO na final do Campeonato Goiano e para o Coritiba na abertura do Brasileirão —, fizeram a diretoria acelerar na busca por um novo treinador.

A estreia de Jair Ventura no comando esmeraldino será neste sábado, contra o Palmeiras, no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia, pela segunda rodada do Brasileirão. O Goiás estreou com derrota por 3 a 0 diante do Coritiba, fora de casa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.