Rosiron Rodrigues/Goiás
Rosiron Rodrigues/Goiás

Goiás recebe Athletico-PR para encerrar jejum e resgatar esperança

Comandados de Enderson Moreira não ganham desde o dia 13 de setembro

Redação, Estadão Conteúdo

14 de novembro de 2020 | 11h33

O Goiás aposta no confronto direto diante do Athletico-PR, neste sábado, às 17 horas, na Serrinha, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, para iniciar a arrancada na luta contra o rebaixamento e encerrar um jejum de dez partidas.

Sem ganhar desde o dia 13 de setembro, o Goiás amarga a lanterna do Brasileirão, com 12 pontos, oito a menos que o Red Bull Bragantino, primeiro time fora da zona de rebaixamento. O time esmeraldino ainda tem dois jogos pendentes do primeiro turno.

Até o presidente Marcelo Almeida admite que a situação do Goiás é complicada, mas a ordem é lutar até o final. O experiente atacante Fernandão não vai jogar a toalha enquanto houver chances matemáticas.

"Eu continuo acreditando. Temos que ganhar de nove a dez partidas, mas isso não é impossível. Espero que a reação comece no sábado, que a gente possa fazer uma grande partida e vencer, para ganhar um ânimo a mais e continuar acredito", disse o centroavante.

Em relação ao time que perdeu para o São Paulo, por 2 a 1, no último final de semana, Enderson Moreira tem três reforços. O meia Shaylon não atuou por questão contratual por pertencer ao time paulista, enquanto o atacante Keko e o lateral Jefferson cumpriram suspensão. Apenas Keko deve ser titular no lugar de Breno, atuando mais recuado.

Sobre Enderson Moreira, que ainda não venceu desde que retornou ao Goiás - três empates e seis derrotas -, o presidente Marcelo Almeida garantiu a permanência até o último dia do seu mandato. As eleições presidenciais estão marcadas para o dia 15 de dezembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.