Goiás se despede sem o trio elétrico

O fim do trio elétrico, formado pelos atacantes Grafite, Dimba e Araújo leva o Goiás a se despedir do Campeonato Brasileiro, neste sábado em Ipatinga, de maneira melancólica. O time, ainda dirigido por Cuca e que ocupa a 8ª posição com 65 pontos ganhos, enfrenta o Atlético (MG), que luta por uma vaga na Taça Libertadores, às 17 horas no estádio do Ipatingão, no interior de Minas. "É o meu jogo de despedida", diz Cuca que na 2ª feira deixa o Goiás para assumir o São Paulo. Sem o atacante Grafite, que está suspenso e deve trocar o Goiás pelo Cruzeiro, e o ponteiro-esquerdo Araújo, contratado pelo Shimizu (Japão), o trio elétrico, autor de 54 gols na competição, acabou. Sobrou o centroavante Dimba, que tem esperança de consolidar sua artilheira e fechar contrato com o Betis (Espanha) na semana que vem. "Não me falem de artilharia agora", diz o centroavante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.