Wellington Paulista/Divulgação
Wellington Paulista/Divulgação

Goiás segura empate com Fortaleza, mas segue na lanterna do Brasileirão

Time goiano saiu na frente no Castelão, mas Wellington Paulista marcou o gol de empate

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de novembro de 2020 | 22h13

O Goiás mostra estar reagindo no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quinta-feira, na Arena Castelão, o time esmeraldino segurou um empate por 1 a 1 diante do Fortaleza. No entanto, o resultado não foi suficiente para tirá-lo da lanterna. O Goiás tem apenas 16 pontos, contra 20 do Botafogo, o penúltimo colocado, e 25 do Sport, o primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Fortaleza, por sua vez, é o nono, com 29, ainda longe de G-6.

Fortaleza e Goiás fizeram um primeiro tempo morno. Com clara dificuldade de criação, o time esmeraldino entrou em campo cauteloso, mas com o ânimo renovado após ter derrotado o Palmeiras, por 1 a 0, na última rodada. A equipe cearense, por outro lado, tomou a iniciativa e pressionou o adversário.

Aos 8 minutos, Wellington Paulista fez boa jogada pela direita e finalizou. David tentou chegar para completar, mas não alcançou. A resposta do Goiás foi com gol. Aos 23, Miguel Figueira deu passe açucarado para Fernandão, que se aproveitou do vacilo da defesa adversária para fazer 1 a 0.

O Fortaleza cresceu após o gol e se atirou ao ataque. David, na entrada da pequena área, chutou fraco para defesa de Tadeu. O goleiro ainda brilhou ao segurar um chute de Felipe, nos minutos finais. Na etapa final, o principal destaque esmeraldino continuou fechando o gol. Ele ganhou mais um duelo com David.

Mas a pressão do Fortaleza foi intensa. Aos 15, Bruno Melo avançou com liberdade pela esquerda e cruzou. A defesa não conseguiu tirar e Wellington Paulista só teve o trabalho de empurrar para deixar tudo igual. Foi o 100º gol do atacante no Campeonato Brasileiro. A partir daí o jogo virou ataque contra defesa. O time cearense chegou ao segundo gol, mas o árbitro pegou impedimento do camisa 9.

Nos minutos finais, o Goiás recuou e começou apostar no contra-ataque para superar o rival, que foi para o abafa, mas Tadeu fez mais duas defesas espetaculares para confirmar mais um ponto para a equipe esmeraldina.

Na próxima rodada, o Fortaleza enfrenta o Corinthians na quarta-feira, às 21h30, no Castelão, em Fortaleza (CE). O Goiás só volta a campo no dia 7 de dezembro (segunda-feira), às 20h, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

FICHA TÉCNICA:

FORTALEZA 1 x 1 GOIÁS

FORTALEZA - Felipe Alves; Tinga, Jackson, Wanderson e Bruno Melo (Carlinhos); Juninho, Felipe e Romarinho (João Paulo); Wellington Paulista (Bergson), David (Éderson) e Osvaldo (Yuri César). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOIÁS - Tadeu; Taylon, David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson; Breno, Ariel Cabral (Daniel Oliveira) e Shaylon; Miguel Figueira (Pedro Marinho), Fernandão (João Marcos) e Keko (Henrique Lordelo). Técnico: Glauber Ramos.

GOLS - Fernandão, aos 23 minutos do primeiro tempo. Wellington Paulista, aos 15 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Felipe Fernandes de Lima (MG).

CARTÕES AMARELOS - Jackson e João Paulo (Fortaleza).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.