Goiás vence e Portuguesa cai para o penúltimo lugar

Time de goiânia venceu de virada por 2 a 1

RUBENS SANTOS, Agência Estado

21 de julho de 2013 | 20h53

GOIÂNIA - Na luta para evoluir e se manter na Série A, o Goiás bateu a Portuguesa por 2 a 1, neste domingo à noite, no Serra Dourada. Renan Oliveira marcou os gols do time da casa e Souza descontou para a Lusa. Com a vitória, o Goiás, que estava na 13ª posição, subiu para a nona, com 12 pontos. O resultado fez o time do Canindé cair do 18.º para o penúltimo lugar do Campeonato Brasileiro, com sete pontos - mesma pontuação do Atlético-PR, que leva vantagem nos critérios de desempate.

No jogo deste domingo, a Lusa parecia que iria construir a sua segunda vitória na competição ao abrir o placar aos 39 minutos. Souza levantou a bola na grande área, Bruno subiu e cabeceou para marcar. O Goiás, porém, reagiu e empatou já aos 44 minutos, com Renan Oliveira, que tabelou com Walter, invadiu a área e bateu pelo alto.

Na etapa final, Tartá cruzou para Walter escorar de peito para Renan Oliveira, que bateu e virou o placar aos 20 minutos: 2 a 1.

Na próxima rodada, a Lusa receberá o Atlético-PR, sábado, às 18h30, no Canindé. O Goiás pega o Bahia, domingo, às 18h30, na Fonte Nova, em Salvador.

ARTILHEIROS EM CRISE 

No banco, e no decorrer do jogo, os treinadores de Goiás e Lusa viveram seus dramas pela ausência de seus artilheiros. A Lusa apostará na estreia do ataque com Gilberto e Neílson, na próxima rodada.

O Goiás vive o drama da má fase de Araújo e pela infidelidade à dieta do atacante Walter. Seu peso, nos últimos meses, variou entre 89kg e 96kg e o está ameaçado de perda da titularidade. Sua briga contra a balança é antiga. Gerou problemas no Internacional a partir de 2008, onde foi comparado ao ídolo colorado Claudiomiro, pelos gols e o excesso de peso.

Em 2010, no Porto, ficou acima do ideal, o mesmo problema do ano passado, na transferência para o Cruzeiro. Agora, emprestado ao Goiás, está na obrigação de queimar gorduras: "Fui artilheiro do time, no Goianão fiz 16 gols e ninguém reclamou do peso", reagiu Walter.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 2 x 1 PORTUGUESA

GOIÁS - Renan; Clayton Sales (Ramon), Ernando, Rodrigo e William Matheus; Amaral, Thiago Mendes, Renan Oliveira (Neto Baiano) e Hugo; Araújo (Tartá) e Walter. Técnico: Enderson Moreira.

PORTUGUESA - Lauro; Ivan (Neílson), Lima (Lucas Silva) Valdomiro e Rogério; Bruno Oliveira, Corrêa, Jean Mota (Henrique), Souza e Cañete; Bruno. Técnico: Edson Pimenta.

GOLS - Bruno Moraes, aos 39 minutos, e Renan Oliveira, aos 44 minutos do primeiro tempo; Renan Oliveira, aos 20 do segundo.

ÁRBITRO - Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ).

CARTÕES AMARELOS: Amaral (Goiás); Corrêa e Henrique (Portuguesa).

CARTÃO VERMELHO: Hugo (Goiás).

RENDA: R$ 94.420,00.

PÚBLICO: 4.853 pagantes.

LOCAL: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGoiásPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.