Goiás vence Internacional por 3 a 1

Embalado por uma seqüência de bons resultados, o Goiás derrotou o Internacional por 3 a 1, neste domingo,no estádio Serra Dourada. Os gols foram marcados por Grafite (2) e Araújo enquanto Edu Silva descontou para os gaúchos. O Goiás, invicto há 15 jogos e com 40 pontos ganhos, subiu para a 13ª posição no Campeonato Brasileiro. A partida começou com o Inter, desfalcado de Clemer, Sangaletti, Fernando e Flávio e procurando jogar no erro do adversário. Mas o Goiás se revelou forte na marcação, bom acerto no passe e o ponteiro-esquerdo Araújo inspirado. Com dribles curtos e rápidos, e boa movimentação dos atacantes, o Goiás marcou aos 22 minutos. Foi quando Grafite arrancou pela direita para invadir a área e bater cruzado no canto direito de Luiz Muller. Com 1 a 0 no marcador, o time aumentou a velocidade e impôs o ritmo no jogo. Aos 35 minutos, Araújo foi derrubado por Luiz Muller, bateu o pênalti e ampliou para 2 a 0. O Inter perdeu boas chances de gol com Nilmar, que acertou a trave de Rodrigo Calaça, aos 16 minutos. E aos 19 minutos quando o centroavante invadiu livre a grande área, foi derrubado por Fabão mas o juiz não marcou a falta. No segundo tempo, e com o jogo na mão, o Goiás encontrou espaço e mostrou suas qualidades. Araújo avançou, deu o drible da vaca na zaga colorada para servir Grafite, aos 10 minutos, que fez 3 a 0. "A nossa movimentação em campo é que dificultou a vida do Inter, que é um time veloz", explicou mais tarde o técnico Cuca. De fato o Inter pareceu lento para anular o adversário mas não se acomodou em campo. Aos 20 minutos, Nilmar voltou a descobrir brechas na zaga do Goiás e bateu forte. O goleiro Rodrigo Calaça fez defesa parcial e Edu Silva, aproveitando o rebote, descontou para 3 a 1. Agora, o Inter enfrenta o Guarani, sábado às 18 horas, no Beira-Rio em Porto Alegre. E o Goiás enfrenta o Flamengo, domingo às 18 horas, no Maracanã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.