Goiás vence Tupi com gol no finalzinho e deixa zona de rebaixamento da Série B

Vitória alviverde foi vista por 1.130 torcedores

Estadão Conteúdo

20 Agosto 2016 | 23h27

Os pouco mais de mil torcedores que compareceram ao estádio Serra Dourada na noite deste sábado não podem reclamar de falta de emoção. Com um gol de Léo Lima aos 45 minutos do segundo tempo - o empate havia saído três minutos antes -, o Goiás venceu o Tupi, por 2 a 1, pela 20.ª rodada, e deixou a zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro.

Beneficiados pelo empate por 2 a 2 do Bragantino com o Vila Nova-GO na última sexta-feira, os dois times entraram em campo precisando da vitória para deixarem a zona de rebaixamento. Com o resultado positivo, o Goiás chegou aos 23 pontos e saltou para a 16.ª colocação, passando o time paulista. O Tupi estacionou nos 18, ficando como 18.º colocado.

A partida começou com o Tupi assustando em finalização de Octávio, que passou raspando a trave de Ivan. Logo depois, Carlos Eduardo invadiu a área e chutou cruzado, mas Cléo chegou um pouco atrasado e não conseguiu completar. O duelo ficou bastante equilibrado no meio campo até que, aos 43, Carlos Eduardo fez fila na defesa adversária e finalizou na saída de Rafael Santos.

O segundo tempo começou com o Tupi tendo mais posse de bola e esboçando uma pressão no Goiás, que tentava matar a partida no contra ataque. O duelo, porém, foi ganhar emoção apenas nos minutos finais.

Aos 40 minutos, Hiroshi aproveitou falha da defesa e bateu no canto. A bola desviou no meio do caminho antes de entrar. Quando a torcida esmeraldina começava a pegar no pé, Léo Lima aproveitou cruzamento de Cassiano e cabeceou no cantinho, colocando o time esmeraldino novamente na frente.

O Goiás volta a campo já na próxima terça-feira, contra o Londrina, às 21h30, no Estádio do Café, em Londrina (PR). No sábado, o Tupi recebe o Vasco da Gama, às 16h30, no Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). Os dois jogos são válidos pela 21.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 2 X 1 TUPI

GOIÁS - Ivan; Léo Sena (David), Alex Alves, Wesley Matos e Jefferson; Adriano, Patrick, Léo Lima e Daniel Carvalho (Ednei); Carlos Eduardo e Cléo (Cassiano). Técnico: Léo Condé.

TUPI - Rafael Santos; Vinícius Kiss, Bruno Costa, Gabriel Santos e Luiz Paulo; Recife (Hiroshi), Marcos Serrato (Henrique), Felipe Alves e Octávio; Thiago Espíndula (Pedrinho) e Giancarlo. Técnico: Estevam Soares.

GOLS - Carlos Eduardo, aos 43 minutos do primeiro tempo; Hiroshi, aos 40, e Léo Lima, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Furlan (SP).

CARTÕES AMARELOS - Ednei (Goiás); Marcos Serrato (Tupi).

RENDA - R$ 10.840,00.

PÚBLICO - 1.130 pagantes.

LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Mais conteúdo sobre:
futebol serie b tupi Goiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.