Miguel Schincariol/Divulgação
Miguel Schincariol/Divulgação

'Gol besta' e quarto lugar incomodam jogadores do Palmeiras

Atletas do Alviverde admitem que cometeram muitos erros

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2015 | 00h22

O Palmeiras deixou o gramado do Novelli Júnior como se tivesse sido derrotado pelo Ituano. O empate por 2 a 2 fez com que a equipe ficasse em quarto na classificação geral do Campeonato Paulista, sendo ultrapassado pelo São Paulo.

"Queríamos levar a vantagem em uma fase final e estamos chateados, mas temos que seguir em frente", disse o atacante Rafael Marques, autor de um gol. "Agora é esquecer o que passou, começa um novo campeonato e a primeira decisão será contra o Botafogo", completou.

Victor Luis, que falhou no lance de empate, também deixou o gramado bastante irritado. "Cometemos muitos erros e tomamos um gol besta. Precisamos melhorar para a próxima partida", alertou o lateral, que atuou no lugar de Zé Roberto.

O volante Gabriel preferiu não culpar nenhum companheiro, mas disse que é preciso mais atenção de todos os setores durante a partida. "Nos lances dos gols facilitamos demais. Temos que ficar mais atentos no mata-mata", analisou o palmeirense, que apesar do empate com gosto amargo, deixou o gramado satisfeito. "Fizemos o nosso papel, que era nos classificar. Agora é o mata-mata e vamos com tudo", avisou.

O elenco do Palmeiras volta aos treinos na tarde desta qinta-feira, na Academia de Futebol. Ao meio-dia, o meia Cleiton Xavier será apresentado. Ele será uma das novidades da equipe a partir das quartas de final, quando o time enfrenta o Botafogo. A Federação Paulista decide nesta quinta-feira a data dos jogos, mas a tendência é que o Alviverde atue na segunda-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.